Ameaçado por Bolsonaro, Randolfe quer presidir CPI da Covid-19

Compartilhe:

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), depois de ter sido alvo do presidente Jair Bolsonaro, que falou em “sair na porrada” com ele na CPI da Covid-19, disse que vai pleitear ser o presidente da CPI, cuja instalação foi determinada na última quinta-feira (8/4) pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Randolfe é o autor do pedido de criação da CPI e seu primeiro signatário.

Ele disse ao Metrópoles esperar que, após a leitura do pedido em plenário, nesta terça-feira (13/4), como prometeu o presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), cumpra-se a tradição de que o autor da iniciativa tenha o cargo de comando da comissão.

 

Matéria completa aqui