‘Cloroquiners’ se aglomeram na Avenida Paulista contra Doria e a vacina contra a Covid-19

Compartilhe:

Manifestantes vestidos de verde e amarelo se reuniram no vão livre do MASP, na Avenida Paulista, na tarde deste domingo (1º), para protestar contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e a vacina chinesa contra a Covid-19, chamada por eles de “vachina”.

O tucano ganhou um boneco inflável com o apelido de ‘ditadoria’. Um grupo levava uma vacina gigante nos ombros. “São Paulo merece um governador que trabalhe para os paulistas, não alguém que  venda o Estado para a China”, escreveu um deles no Twitter. Até manifestantes em defesa de Donald Trump e com bandeira de Israel nas costas estavam presentes.

O ato acontece num contexto de disputa política nacional entre Doria e o presidente Jair Bolsonaro, que quase diariamente faz discursos contra a CoronaVac, vacina produzida pela China em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. No final desta semana, Bolsonaro afirmou que a pandemia “está acabando” e que não entende a “pressa” de Doria pela vacina.