Com mais de 140 mil cartões entregues, Wilson Lima anuncia busca ativa de beneficiários do Auxílio Estadual em Manaus

Compartilhe:

O governador do Amazonas, Wilson Lima, destacou nesta sexta-feira (26/11) que mais de 140 mil famílias em todo o estado já receberam os cartões do Auxílio Estadual permanente. O balanço foi feito durante o início da entrega do benefício, de R$ 150 mensais, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Em Manaus, o Governo do Estado inicia novo sistema de entrega no dia 1º de dezembro.

“Já entregamos mais de 140 mil cartões em todo o estado, e nossa meta é, até o dia 15 de dezembro, entregar 300 mil cartões para essas famílias que fazem parte do CadÚnico, que são famílias em condições de pobreza e extrema pobreza”, afirmou Wilson Lima.

Em Parintins, o benefício será entregue para 8.519 famílias. “Esse cartão é importante para a segurança alimentar, para colocar comida no prato daquelas pessoas que mais precisam”, frisou o governador que, depois de Parintins, seguirá para Maués (a 276 quilômetros da capital), onde também iniciará a entrega do benefício para 4.770 famílias.

Ainda nesta sexta-feira, equipes do Governo do Amazonas também iniciam a distribuição dos cartões em Anamã, Anori, Caapiranga, Codajás, Japurá, Maraã e Uarini. O programa de transferência de renda é coordenado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Manaus – Na capital, até ontem (25/11), foram entregues 121.711 cartões do Auxílio Estadual, nos nove pontos que foram montados para o atendimento das famílias. A partir do dia 1º de dezembro, quarta-feira, a distribuição dos remanescentes ficará concentrada do Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, que fica no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

“Fizemos a convocação dessas pessoas, algumas não compareceram. Tem algumas que não têm acesso à internet, que não têm um computador, não têm um celular. Tem gente que está acamada ou que tem outras dificuldades e, por um motivo ou por outro, não conseguiu acessar essa informação, ou mudou de cidade”, disse Wilson Lima, ao detalhar que o Governo vai começar um trabalho de busca ativa de quem ainda não recebeu o benefício em Manaus.

O atendimento no Padre Pedro Vignola, a partir do dia 1º de dezembro, será das 8h às 16h e se estenderá até o dia 10 do mesmo mês, quando a coordenação do programa espera ter atendido todas as 158.251 famílias que têm direito ao benefício em Manaus. No interior, serão beneficiadas 141.749 famílias.