Cuba recebe navio britânico com 5 casos de coronavírus que não tinha onde atracar

Compartilhe:

FORUM – O Ministério de Relações Exteriores de Cuba informou nesta segunda-feira (16) que receberá o navio britânico MS Braemar, da companhia Fred Olsen Cruise Lines. A embarcação leva cerca de 600 passageiros, cinco deles com diagnóstico confirmado do coronavírus.

De acordo com a CNN, o navio passou dias procurando um local para atracar depois de ter sua entrada negada nos portos caribenhos. Em nota, o governo cubano informou que o pedido de atraque veio das próprias autoridades do Reino Unido e que vai tomar as medidas sanitárias necessárias para garantir a segurança dos pacientes.

“Ante a urgência da situação e o risco para a vida das pessoas enfermas, o governo de Cuba decidiu permitir o atraque da embarcação e adotará as medidas sanitárias estabelecidas para receber todos os cidadãos a bordo, com os protocolos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde Pública de Cuba”, disse.

O governo cubano também disse à CNN que está disposto a receber o navio por compreender a “difícil situação em que esses passageiros se encontram”.

“São tempos de solidariedade, de entender a saúde como um direito humano, de reforçar a cooperação internacional para enfrentar nossos desafios comuns, valores que são inerentes à prática humanística da Revolução e de nosso povo”, concluiu a nota.