David Almeida contraria juíza federal com calorosa defesa em favor de secretários furões de fila

Compartilhe:

O prefeito de Manaus, em entrevista ao Jornal do Amazonas, edição desta segunda-feira, 25, fez enfática defesa em favor de alguns secretários do município, como Sabá Reis e Shadia Fraxe, apontados pela imprensa local e nacional e, até pela juíza federal, Jaiza Fraxe, como furadores da fila da vacinação da covid-19.

David Almeida se valeu do argumento de que tanto Shadia Fraxe quanto o seu subsecretário, Luiz Claudio, tomaram a vacina porque são médicos e que atuam na linha de frente de combate a covid-19.

Disse o prefeito durante a entrevista que Luiz Claudio é medico intensivista, com atuação direta no Pronto-Socorro 28 de Agosto, e Shadia Fraxe, como plantonista no Platão Araújo.

O prefeito só não disse como isso seria possível uma vez que os dois são obrigados a cumprirem com os seus respectivos expedientes integralmente que, não raras vezes, podem extrapolar o limite de horas.

E o Sabá Reis, que não é médico? E Jane Lara, secretária da Semasc? Nem um nem outro tem qualquer tipo relação com o combate ao covid-19.

David Almeida, ao contrário de demitir os fura fila, como fez o governador Wilson Lima, ao saber que o seu motorista teria furado a fila, prefere as desculpas esfarrapadas e a jogar a culpa para outros.

Veja vídeo