Em depoimento à Polícia Federal Flávio Bolsonaro nega vazamento da Furna da Onça

Compartilhe:

O senador Flávio Bolsonaro já concluiu depoimento ao Ministério Público Federal nesta segunda-feira (20) sobre seu envolvimento nos vazamentos da Polícia Federal na Operação Furna da Onça, deflagrada às vésperas da eleição de 2018.

A advogada do parlamentar, Luciana Pires, disse à imprensa que Flávio negou que tenha recebido informações sobre a operação. “Ele negou, obviamente. Nunca houve vazamento, nunca chegou ao conhecimento do senador nenhuma informação sobre a Furna da Onça. Ele explicou ao procurador da República que inclusive que apoiava o deputado André Correa na época à presidência da Alerj e que se soubesse de algum vazamento da Furna da Onça, obviamente, não apoiaria um alvo [da operação]”.

Paulo Marinho, ex-aliado da família Bolsonaro, havia alegado que Flávio Bolsonaro lhe contou, em dezembro de 2018, sobre as informações que recebeu acerca da Furna da Onça. A advogada de Flávio confirmou o encontro entre o senador e Paulo Marinho, mas disse que ele não obteve informações sobre a operação. “Ele não se lembra da data, porque tem um ano e meio. Mas se lembra que teve reunião na casa do Paulo Marinho, junto com o advogado dele, para procurar advogado para ele. Nessa época, já estava protagonizando a questão do Queiroz e queria advogado para se defender, a imprensa estava especulando várias coisas e precisava de advogado para se defender. Não era para vazamento de Furna da Onça, nem para Queiroz, nada nesse sentido”.

Fonte/247