Governador Wilson Lima volta a fechar bares e balneários em Manaus

Compartilhe:

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta 5ª feira (24.set.2020) a volta do decreto que proíbe o funcionamento de bares e balneários em Manaus. Esses locais foram autorizados a abrir em julho. A nova medida vale por 30 dias.

Estamos tomando essa decisão por conta da falta de respeito de alguns de seguir os protocolos. Ninguém usava mais máscaras, juntava uma aglomeração. E aí, acabava sendo 1 foco de transmissão de covid-19“, disse o governador.

Também foram proibidos o funcionamento de casas de show e de estabelecimentos às margens do Rio Amazonas e a permanência nas praias de Manaus. O decreto estabelece multa diária de até R$ 50 mil para pessoas jurídicas e embargo ou interdição de estabelecimentos.

Apesar das restrições, escolas permanecem abertas. Da mesma forma, restaurantes e lojas de conveniência podem continuar funcionando até as 22h.

A capital do Amazonas registrou 48.389 casos de covid-19 desde o começo da pandemia. A flexibilização das medidas de isolamento social iniciaram em junho. No estado, foram 133.413 pessoas infectadas e 3.984 mortes.

 Poder360