México bate recorde com 2.049 novos casos de covid-19 em 24 horas

Paciente com doença de coronavírus (COVID-19) é tratado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de campo criado para tratar pacientes com doença (COVID-19) em Guarulhos, São Paulo, Brasil, maio 12 de março de 2020 - REUTERS / Amanda Perobelli

AGÊNCIA BRASIL – O México tem 42.595 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus e 4.477 mortes. Enquanto o país se prepara para retomar as atividades com a “nova normalidade”, anunciada pelo presidente Andrés Manuel López Obrador, um número recorde de contágios é registrado em 24 horas. Foram anunciados no início da noite de ontem (14) 2.049 novos casos identificados e 257 mortes.

Hoje (15), em entrevista no Palácio Nacional, o presidente mexicano disse que o país já está chegando ao fim da pandemia e que, a partir da próxima semana, deve começar a descer a curva de contágios.

“Vai passar, não apenas porque nós queremos, mas tudo indica que estamos já no pico dos afetados pela pandemia e já vamos iniciar a descida. Agora falta pouco, muitos dias se passaram e já estamos vendo a luz no fim do túnel”, afirmou López Obrador.

O México tem 126 milhões de habitantes. As 4.477 mortes no país representam 3,55 mortes para cada 100 mil habitantes. No ranking do número de contágios nas Américas, o país está atrás apenas de Estados Unidos (1.417.889), Brasil (203.165) e Peru (80.604).