Pleno do STJ adia julgamento de denúncia contra governador e vice do Amazonas

Compartilhe:

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou, nesta quarta-feira (2), o julgamento sobre o recebimento de uma denúncia criminal contra o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e o vice-governador do estado, Carlos Almeida (PSDB). Os dois são acusados de cometer crimes na compra de respiradores destinados ao tratamento dos pacientes com a Covid-19.

O processo foi retirado de pauta a partir de um pedido da defesa, que alegou não ter tido prazo hábil para apresentar todas as suas alegações, incluindo a abertura de prazo para manifestação do Ministério Público.

“Sugeri o adiamento desta sessão. Acato a proposta de tirar processo de pauta. Vou dar prazo ao MP e aos advogados e assim que ele estiver pronto, peço à vossa excelência para pautar”, disse o ministro Francisco Falcão. O ministro Humberto Martins disse que, no “momento oportuno”, o processo será levado a julgamento.

STJ julga denúncia contra governador e vice do Amazonas nesta quarta-feira