São Paulo bate Bahia fora, volta a vencer e encosta na liderança do Brasileiro

Compartilhe:

Gazeta Esportiva – O São Paulo voltou a vencer e encostar na liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor visitou o Bahia neste sábado e venceu por 3 a 1, pela 23ª rodada do torneio nacional. Após primeira etapa fraca, os paulistas fizeram ótimo segundo tempo e garantiram o triunfo após dois empates consecutivos.

Luciano, uma vez de bicicleta e outra batendo da entrada da área, e Arboleda, de cabeça, marcaram os gols do São Paulo. Clayson descontou para o Bahia.

Com o resultado, a equipe de Fernando Diniz chegou aos 41 pontos e assumiu o 2º lugar do Campeonato Brasileiro. O líder Atlético-MG tem 42 pontos, com dois jogos a mais que o São Paulo.

O Bahia estacionou nos 28 pontos, atualmente na 12ª posição, quatro acima do Vasco, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

1º tempo de pouco brilho

Nem Bahia nem São Paulo fizeram uma primeira etapa brilhante. Os visitantes, como de costume, tiveram mais posse de bola, mas pouco conseguiram construir. Já os baianos não aproveitaram bem os espaços deixados pelos paulistas, que tiveram dificuldade na transição defensiva.

Aos quatro minutos, Rossi foi lançado nas costas de Reinaldo, que hesitou e deu chance para o atacante dominar e bater para defesa de Volpi. Aos seis, Brenner arriscou da entrada da área para defesa de Douglas.

A única chance clara dos visitantes veio aos 15 minutos. Luciano e Brenner tramaram ótima tabela na entrada da área, a bola ficou com o jovem, que bateu forte, mas sobre o gol do Bahia.

Após os 15 minutos, as duas equipes encontraram muita dificuldade de criação e quase não se agrediram. Por volta dos 25, a partida ficou parada por cerca de cinco minutos, após choque entre Volpi e o zagueiro Ernando em cobrança de falta. O lance foi revisto pelo VAR por possibilidade de pênalti, mas o árbitro Leandro Vuaden considerou jogada normal e seguiu o jogo.

Nos minutos finais, os donos da casa exploraram melhor as fragilidades de marcação do São Paulo e chegaram algumas vezes com perigo. Aos 43, a bola sobrou para Alesson dentro da área após bate rebate, o atacante arriscou, mas a bola desviou em Léo e foi para escanteio. Aos 46, Gregore finalizou de fora da área para boa defesa de Volpi. E aos 49, Rodriguinho cruzou da direita, a bola desviou na defesa são-paulino e Alesson não conseguiu pegar em cheio.

No último minuto da primeira etapa, os visitantes voltaram a oferecer perigo em cabeçada de Arboleda, forçando boa defesa de Douglas.

2º tempo do São Paulo

O São Paulo voltou diferente para a segunda etapa, com as entradas de Tchê Tchê e Vitor Bueno nos lugares de Juanfran e Léo. Taticamente, a equipe passou a ter uma linha de três jogadores atrás e mais um homem no meio-campo. Os visitantes também subiram mais a marcação e conseguiram tomar o controle do jogo.

Aos quatro, Luciano arriscou de fora da área e forçou boa defesa de Douglas. Aos seis, Reinaldo cobrou lateral rápido e forte em direção a área. Ernando desviou mal e deixou a bola na medida para Luciano. O atacante emendou uma bicicleta, a bola ainda desviou no defensor baiano e entrou. Belo gol na Fonte Nova.

Com a vantagem no placar, o Tricolor paulista seguiu com mais volume de jogo. Aos 14 minutos, Daniel Alves cruzou da esquerda e encontrou Igor Gomes livre dentro da área, mas o meia errou o alvo.

Aos 20, Reinaldo teve falta pelo lado esquerdo e acertou bom cruzamento para Arboleda, o zagueiro subiu mais alto que Elias e cabeceou firme para ampliar. 2 a 0 São Paulo.

Os visitantes seguiram pressionando e chegaram ao terceiro gol pouco tempo depois, aos 28 minutos. Reinaldo apareceu bem mais uma vez e cruzou rasteiro para a entrada da área. Luciano pegou de primeira e acertou o canto esquerdo do gol de Douglas. Segundo gol do atacante e terceira participação direta do lateral.

O Bahia conseguiu descontar aos 35. Nino Paraíba recebeu livre pelo lado direito, o lateral ajeitou, olhou para a área e cruzou rasteiro. Clayson pegou de primeira, cruzado, para marcar.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1X3 SÃO PAULO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 28 de novembro de 2020, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos do PR)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões Amarelos: Daniel Alves e Gabriel Sara (São Paulo)

GOLS

BAHIA: Clayson, aos 35 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Luciano, aos seis minutos e aos 28 minutos do 2º tempo; Arboleda, aos 20 minutos do 2º tempo

BAHIA: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Matheus Bahia; Gregore, Elias (Nino Paraíba) e Ramon (Élber); Rossi (Clayson), Alesson (Saldanha) e Rodriguinho (Daniel).

Técnico: Cláudio Prates (auxiliar).

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Tchê Tchê), Arboleda, Léo (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara (Hernanes) e Igor Gomes (Rodrigo Nestor); Brenner e Luciano (Pablo).

Técnico: Fernando Diniz.