Segunda pesquisa da Perspectiva aponta Eduardo Braga disparado na corrida sucessória

Compartilhe:

A segunda pesquisa realizada no mês de abril para o governo do Amazonas, divulgada neste sábado, 03, pela empresa Perspectiva Tecnologia da Informação, o pesquisador Durango Duarte, diretor-presidente da empresa, declarou que inclusão de mais dois nomes, ou seja, o de de Henrique Oliveira e Abel Alves, alterou um um pouco o desempenho dos candidatos. Mesmo assim, conforme enfatizou, se as eleições fossem hoje,  o senador Eduardo braga (PMDB), que  obteve 50% e dos votos válidos 54,6%, seria eleito governador pela terceira vez já no primeiro turno.

De acordo com a análise do pesquisador, Rebeca Garcia foi a mais atingida, com uma queda de cinco pontos percentuais. De 16% obtidos na primeira pesquisa, Rebeca foi 11% na segunda.

Já o candidato oficial, José Melo subiu 1,5% em relação a pesquisa de abril, saindo de 9,4% para 10,9%, o que é muito pouco, segundo Durango Duarte, para quem ficou 100% sozinho na mídia durante um mês.

Hissa Abrahão caiu 2,34% e entra na casa de um dígito, Henrique Oliveira,  6%, Marcelo Ramos 1,8,  Chico Preto 1,4% e Abel Alves o,7%.

Ouça comentário do pesquisador

 

https://www.youtube.com/watch?v=GgotwJeKnZ8

 

pesquisa1