Setor de papel e celulose ganha novas indústrias

Compartilhe:

A aprovação de projetos de incentivos fiscais para duas indústrias do setor de embalagens, na quarta-feira, 29, pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), reforçou à possibilidade de aquecimento da atividade econômica no Polo Industrial de Manaus (PIM), uma vez que seus produtos são insumos para outros setores industriais. Pelo menos é o que pensa a superintendente da Suframa, que tem assento no Codamn.

Rebecca Garcia disse que a Klabin S/A e a JC Comércio e Indústria de Papel aprovaram projetos de investimentos que somam 47,28 milhões de reais e a criação de cerca de 200 novos postos de trabalho.

Citando o Perfil de Empresas com Projetos Aprovados pela Suframa, a superintendente Rebecca Garcia explicou que essas novas indústrias vão fazer parte do segmento de Papel, Papelão e Celulose que já conta com 14 organizações em atividades e, em conjunto, têm investimentos de cerca de 94 milhões de dólares, além de empregar 1.760 pessoas nas indústrias do setor.