Suplicy surpreende ao presentear Bolsonaro com livro e dedicatória

Compartilhe:

FORUM – O vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), um dos principais defensores, a nível mundial, da renda básica de cidadania, surpreendeu internautas ao anunciar, neste sábado (11), que presenteou o presidente Jair Bolsonaro com um livro e uma dedicatória em defesa da distribuição de renda.

Apesar de estar em um campo oposto politicamente ao do presidente Jair Bolsonaro, e de integrar o partido que é o principal alvo de ataques de ódio dos bolsonaristas, o ex-senador, como de praxe, optou pelo diálogo, e desejou melhoras ao capitão da reserva, que anunciou ter sido infectado pela Covid-19.

O livro que Suplicy enviou ao Palácio do Planalto é “Utopia”, de Thomas More, que segundo o vereador serviu de base para Juan Luis Vives escrever, em 1526, “De Subventione Pauperum”, “ao Prefeito da cidade de Bruges, onde, pela primeira vez, propõe uma renda mínima garantida a seus habitantes”.

“Muito melhor do que distribuir armas será assegurar a Renda Básica de Cidadania para todas as pessoas”, diz o senador ao final da dedicatória, escrita à mão, com um “abraço amigo” ao presidente.

“Ao Presidente Jair Bolsonaro, desejo-lhe pronta recuperação e que possa aproveitar esse período em que precisa se restabelecer com a leitura desse importante livro de Thomas More”, escreveu Suplicy no começo do texto.

Seu gesto chamou tanta atenção nas redes sociais que o termo “Suplicy” se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.