TCE-AM prorroga isolamento e autoriza retorno parcial de 11 setores

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, determinou a prorrogação das atividades presenciais da Corte de Contas por mais 15 dias. Apenas 11 setores do TCE-AM deverão retomar o trabalho presencial de forma parcial, mas sem atendimento externo, sem aglomeração e atendendo normas para o acesso.

Os atendimento externos continuarão sendo realizados por meio dos Whatsapps 984638467 (robô Jarvis) e 98815-1000 (Denúncias/Ouvidoria-geral) ou por e-mails. Quem quiser enviar documentos ao TCE-AM pode fazê-lo pelo endereço protocolodigital@tce.am.gov.br.

De acordo com a Portaria nº 191/2020, publicada no Diário Oficial Eletrônico (DOE), na tarde desta sexta-feira (29), o atendimento e trabalhos presenciais permanecem suspensos até o dia 17 de junho.

De forma excepcional, quando houver a necessidade, 11 setores da Corte de Contas estão autorizados a trabalhar no TCE de forma presencial, são eles: Gabinete da Presidência, Secretaria-Geral de Administração (Seger), Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin), Diretoria Orçamentária e Financeira (Diorfi), Diretoria de Recursos Humanos (DRH), Diretoria Jurídica (Dijur), Diretoria de Controle Interno (Dicoi), Diretoria de Assistência Militar (Diam), Diretoria de Comunicação Social (Dicom), Departamento de Autuação, Estrutura e Distribuição Pessoal (Deap) e a Comissão Permanente de Licitação (CPL), com número reduzido de servidores e respeitando as normas de vigilância sanitária.