Vereador Jaildo Oliveira apresenta balanço dos últimos dois meses na Câmara Municipal de Manaus

Compartilhe:

O mandato do vereador Jaildo Oliveira (PCdoB) na Câmara Municipal de Manaus (CMM) iniciou com muito trabalho nos últimos dois meses. Para o parlamentar, mesmo com a pandemia, é importante os vereadores estarem na rua, para saber a demanda da população. “Principalmente neste momento, é preciso estar atuando presencialmente, trabalhando junto ao povo, pois são muitas as demandas que precisam ser atendidas”, disseram.

No mês de janeiro, o vereador começou com uma ação solidária em diversos hospitais de Manaus, distribuindo sopa, máscara e álcool em gel para os acompanhantes de pacientes no local. Também foi feita uma reunião com representantes das empresas de transporte coletivo e Sindicato dos Rodoviários, intermediada pelo prefeito de Manaus, David Almeida, para encontrar soluções para o pagamento dos vencimentos atrasados dos trabalhadores rodoviários colaborando diretamente com o fim da greve.

Jaildo também votou favoravelmente no Projeto Auxílio Manauara, que concede um benefício de R $200 reais para 40 mil famílias em estado de vulnerabilidade. “Este é um benefício extremamente necessário neste momento, quando muitos estão desempregados e precisam de algum socorro financeiro”, enfatizou.

No retorno aos trabalhos em plenário, foram definidas as comissões técnicas e o vereador vai compor cinco delas, sendo vice-presidente da de Agricultura e Política Rural (Comagri) e fazendo parte da Comissão de Transportes, que é sua bandeira de luta. “A Comissão de Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade, é uma das mais importantes da Casa Legislativa, e tenho grande responsabilidade por vir da categoria de rodoviários”.

Jaildo Oliveira também doou 50% do meu salário para a compra de 150 cestas básicas que estão sendo distribuídas nos bairros mais carentes de Manaus e fez uma indicação ao governador Wilson Lima para aumentar o horário de funcionamento das feiras do Produtor, da Panair, da Banana e da Manaus Moderna para até 15h (antes era permitido funcionar até às 10h)

O parlamentar ainda pediu uma Audiência Pública com representantes dos shoppings da cidade, para que esclareçam o motivo pelo qual, alguns desses empreendimentos não estão cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que prevê̂ a construção de passarelas próximo aos seus empreendimentos e pediu providências quanto ao valor cobrado das faculdades de forma integral, mesmo com aulas online, o que para ele é um absurdo. “Isso é um absurdo, eles não podem cobrar um valor como de aulas presenciais, o custo não é o mesmo, afinal eles não estão tendo gastos com energia, água e manutenção dos prédios”, disse.

O vereador, que teve suas contas aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ainda afirmou que vai assinar o pedido de instalação da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI), proposta pelo vereador Rodrigo Guedes, para investigar o serviço prestado pela empresa Amazonas Energia.

Por fim, Jaildo Oliveira pediu ajuda dos vereadores para o Grupo Super Doadoras, que realiza campanhas de doação de sangue em Manaus e que estão sem recursos financeiros.