Morador do Rio Preto da Eva é preso por estupro de vulnerável

No último sábado, 21, um homem de 29 anos de idade de identidade não revelada foi preso no Rio Preto da Eva acusado pelo crime de estupro de vulnerável. A prisão foi efetuada sob a coordenação da delegada-geral Emília Ferraz e dos delegados Sylvia Laureana e Carlos Alberto Alencar.

De acordo com a delegada Sylvia, ano passado o autor abusou sexualmente da  enteada, uma criança de 10 anos de idade, na residência em que o homem morava com a mãe da vítima, na 2ª etapa de Rio Preto da Eva.

De acordo com a delegada, a vítima era aliciada pelo ex-padrasto desde os 6 anos de idade.  No mês de novembro do ano passado, quando a menina tinha 9 anos, o infrator praticou o estupro.

A violência foi comunicada pela mãe da criança ao Conselho Titular, que acionou a delegacia. Após diligências, foi instaurado um Inquérito Policial (IP) e decretada a prisão preventiva em nome do acusado.

Segundo a autoridade policial, no ano do estupro, o homem saiu do município e foi para Rorainópolis, no estado de Roraima.

O homem irá responder pelo crime de estupro de vulnerável e foi encaminhado ao 36ª DIP, onde ficará à disposição da Justiça.